domingo, 19 de fevereiro de 2012

A APROVAÇÃO DA LEI DO FICHA LIMPA FILTRA OS POLÍTICOS CORRUPTOS NO BRASIL

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, afirmou ao G1 que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de validar a aplicação integral da Lei da Ficha Limpa vai criar um "filtro" contra a corrupção na política brasileira, que, para ele, começará pelos partidos políticos. Com a decisão do STF, ficam proibidos de se eleger por oito anos os políticos condenados pela Justiça em decisões colegiadas, cassados pela Justiça Eleitoral ou que renunciaram a cargo eletivo para evitar processo de cassação.

“Foi uma vitória da cidadania, da democracia participativa. A lei terá impacto benéfico já nas eleições de 2012. Os partidos terão de escolher candidatos baseados nos critérios da lei. Os que passarem por esse filtro dos partidos serão os melhores.”, afirmou o presidente do TSE.

Para Lewandowski, a ficha limpa "aumenta muito a responsabilidade dos partidos". O ministro avalia que a escolha dos candidatos não ficará mais restrita a um critério subjetivo dos dirigentes partidários. "Agora, temos critérios objetivos que permitem eliminar os que não estão aptos em função de uma vida pregressa desabonadora”, declarou. Quase dois anos depois de entrar em vigor, a Lei da Ficha Limpa foi declarada constitucional na noite desta quinta-feira (16) pela maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).  Por sete votos a quatro, o plenário determinou que o texto integral da norma deve valer a partir das eleições de outubro.

Principal defensor de Lei da Ficha Limpa, desde os primeiros questionamentos na Justiça Eleitoral, Lewandowski explicou que a decisão é definitiva e impede as incertezas que marcaram as eleições gerais de 2010. Em março, o próprio Supremo chegou derrubar a validade da norma para as eleições daquele ano.
“A população terá de se acostumar que a lei é uma realidade e pode confiar que os candidatos escolhidos terão a ficha limpa. Os poucos que passarem serão barrados pela Justiça”, disse o ministro. Para Lewandowski, o resultado de longo prazo da validade da ficha limpa será uma “conscientização” por parte do eleitor. “Acho que vai gerar grande conscientização do eleitor, que fará pressão sobre partidos para que os melhores candidatos sejam escolhidos, do ponto de vista da vida pregressa. Saio em abril com a consciência tranqüila e o sentimento de dever cumprido”, disse o ministro, que deixará a presidência do TSE antes das eleições deste ano.

FONTE: Rádio web de Ipu


9 comentários:

  1. cade o Torrim agora ???

    ResponderExcluir
  2. nao pode ser candidato: torrim,eriberto,tarcisio nobre,chico ana,francisca,wilsom,antenor carneiro. alem de quem tem problema com a justica comun.

    ResponderExcluir
  3. E o Eriberto, vai fazer o que? Tambem e ficha suja? Vamos esperar para ver.

    ResponderExcluir
  4. Parabens, aos idealizadores da ficha Limpa. So assim seram banidos esses politicos, corruptos, que so fizeram sugar o dinhweiro publico. E agora torrim? Vai fazer o que?

    ResponderExcluir
  5. E agora? a Loura Vai ganhar mais facil? Nao estamos vendo ninguem a nossa frente. Essa vai ser igual a passada, vamos ganhar com mais de mil.

    ResponderExcluir
  6. Antenor Carneiro Pode sim
    Diga sim ANTENOR...

    ResponderExcluir
  7. Quem são os candidatos a vereadores mesmo de pires ferreira
    Antenor Carneiro ou sua esposa(valdenia ou Jamille sua filha).
    Chico Ana ou sua esposa ?
    Tarcisio nobre ou Ana cristina ?
    me diga POVO ?

    ResponderExcluir
  8. E seguanda feira, a vassora do T C M. Nesse povo que te m ficha suja. O vergonha, se fosse eu me escondia para nao ver a cara do povo.

    ResponderExcluir
  9. O Torrim ainda diz que pode ser candidato. Num para de mentir. Ele num pode mais ser candidato nem a síndico de prédio... Kkkkkkkk

    ResponderExcluir